quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] Regresso ao passado

Foi já em 2003 que Stefan Traunmuller editou o seu último disco com os Golden Dawn, mas pela mão da Non Serviam Records resolveu recuperar esse projecto e lançar agora "Return To Provenance", o seu bem nomeado terceiro disco com os Golden Dawn.

Stefan é mais conhecido por aqui por ser o mentor dos Rauhnacht e também um dos membros dos Sturmpercht, mas aqui explora uma sonoridade mais crua e mais agressiva, reminescente de uma altura em que o frio da Noruega chegava a toda a Europa na forma de guitarras cortantes e ritmos cavalgantes. Uma boa oportunidade para recuperar tempos idos.

O alinhamento completo é o seguinte:
  1. Nameless
  2. Return To Provenance
  3. Dark Illuminations
  4. Dionysian Eucharist
  5. Denial
  6. Seduction
  7. Vision Of Entirety
  8. Self-destruction

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] Um bardo também experimenta

Já conhecemos sobremaneira a capacidade de composição e o sentido particular de melodia e sensibilidade que B'ee tem, mas hoje trazemo-vos um motivo para conhecermos uma sua faceta mais experimentalista.

"Organic Light or The Secreted Egg" é editado pelo próprio e com o subtítulo "Emissions from the primary 19 harmonics of 30th octave Earth orbit Sun (34.03hz)" apresenta-nos o conceito deste disco: uma peça única resultante de uma curiosidade e experimentação orientada para a 30ª oitava da órbita Terrestre em volta do Sol, apenas uma oitava abaixo da frequência usada em meditação Indiana.

É um trabalho sui generis, em que não há qualquer música mas antes uma linha sonora que nos acompanha numa viagem muito particular. Deve tanto a James Tenney como a Hans Cousto, e foi gravado numa ocupação de Berlim em 29 de Outubro do ano passado. Para quem quer alargar as suas fronteiras musicais, numa edição limitada a 88 cópias.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] Não há duas sem três

Depois de nos passados dias vos termos trazido os mCD de Varunna e Bain Wolfkind que estarão disponíveis na digressão Europeia que ambos vão fazer com os Der Blutharsch And The Infinite Church Of The Leading Hand, hoje trazemo-vos o terceiro disco que vão conseguir apanhar nos vários eventos, precisamente pelos cabeças de cartaz.

"The Beginning And The End" é um single em vinil de 7'' que é lançado pela Hau Ruck!, como no caso dos discos que falamos anteriormente. Apresenta duas novas faixas num formato amplamente usado por Albin Julius no passado que, como nos casos anteriores, deve esgotar num instante. Mais um motivo para marcarem presença numa das datas da digressão.

O alinhamento é sui generis, como os Der Blutharsch nos têm habituado:
  1. Untitled 1
  2. Untitled 2

domingo, 26 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] Segundo disco saído da digressão









À semelhança de ontem, hoje trazemo-vos mais um disco que vão poder apreciar em primeira mão em qualquer uma das datas da digressão dos Der Blutharsch And The Infinite Church Of The Leading Hand, quando Bain Wolfkind subir a um dos palcos espalhados por essa Europa fora.

O Australiano apresenta em "Lone Wolf", outro disco com chancela Hau Ruck!, um bastardo de Rock sulista, muito downtempo, totalmente impregnado daquela sujidade de que tanto gostamos. Um disco que não se destina a pessoas e mentes sensíveis, mas que foi criado para ser apreciado em palco - como vamos ter a oportunidade de constatar numa das datas da referida digressão.

O alinhamento completo é o seguinte:
  1. Tri-State Blues
  2. In the shadow of the slaughterhouse
  3. Drinking at the crowbar
  4. 3 string guitar
  5. down down down
  6. My love's a shotgun

sábado, 25 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] Depois da digressão, o disco

Andamos algum tempo a falar da digressão Europeia que os Der Blutharsch And The Infinite Church Of The Leading Hand andam a fazer com outros três colectivos, e hoje trazemo-vos o novo disco dos Varunna (um desses colectivos) que vai ser apresentado ao longo da digressão.

"Ferro E Ruggine" tem selo Hau Ruck! e apresenta-nos uma sequência natural do seu disco "Cantos" já de 2007. Este mCD é no entanto mais negro do que os seus anteriores trabalhos, representando uma evolução a nível sonoro mas também conceptual.

Temos também a presença de alguns músicos convidados com quem irão partilhar a digressão (entre os quais o próprio Albin Julius), por isso nada melhor que validar ao vivo como resulta este novo trabalho.

O alinhamento completo é o seguinte:
  1. Ferro e Ruggine
  2. La Rossa
  3. Al Vento
  4. Nevio

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

[EVENTO] Acabamos no início

Depois de termos percorrido uma longa lista de países, datas e salas de espectáculo nas últimas semanas a apresentar-vos a digressão Europeia que Albin Julius vai fazer com os seus Der Blutharsch e um conjunto de amigos, hoje trazemo-vos a última entrada nesta thread, que coincide com a primeira data da digressão.

Essa data terá lugar no dia 6 de Março, no Clube Kék Yuk em Budapeste, onde aos Der Blutharsch And The Infinite Church Of The Leading Hand se vão reunir em palco os participantes habituais nesta digressão: Deutsch Nepal, Bain Wolfkind e Varunna.

Mais uma excelente digressão que acabamos por vos trazer ao longo deste tempo, resta agora escolher uma das datas mais favoráveis e marcar presença, para desfrutar de uma noite que será certamente especial.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] O café do costume, por favor...

Continuando a acompanhar a difusão do Café Europa, rapidamente a tornar-se um dos nossos programas de rádio preferidos, chegamos agora à emissão número 11 que foi para o ar no passado dia 20 de Fevereiro na Rádio Ás.

Como sempre, tivemos direito a duas horas da melhor música que se faz deste lado do espectro sonoro, e todos aqueles que não apanharam a emissão em directo podem fazer download para ouvirem em qualquer altura. A primeira hora está disponível aqui e a segunda hora aqui.

Esta emissão contou com o seguinte alinhamento:
    Hora 1
  1. DEATH IN JUNE – “Peaceful Snow (instrumental)” GB
  2. SOPOR AETERNUS – ”20.000 Leagues Under The Sea” DE
  3. SOPOR AETERNUS & THE ENSEMBLE OF SHADOWS – ”Hello” DE
  4. CAFÉ DE L’ENFER - “L’Evanescence de Toutes les Possibilités” AT
  5. AREA BOMBARDMENT – ”Usura” IRL
  6. HEKATE – ”Trotz Alledem” DE
  7. KIRLIAN CAMERA – ”Immortal” IT
  8. KIRLIAN CAMERA – ”NightGlory (camera version)” IT
  9. SILVER LADY – ”My (clean)” FR
  10. OF THE WAND AND THE MOON – “Absence” DIN
    Hora 2
  1. CURRENT 93 – “Misery Farm ” GB
  2. BABY DEE – ”When I Get Home” USA
  3. ANTONY AND THE JOHNSONS – ”Soft Black Star” USA
  4. ASHRAM - “Forgive Me” IT
  5. CALLE DELLA MORTE – ”De Profundis” IT
  6. BIRCH BOOK – ”Warm Wind and Rain” USA
  7. MOON AND THE NIGHTSPIRIT – ”Zöldparázs” HU
  8. TROBAR DE MORTE – ”Natural Dance” ES
  9. ATARAXIA – ”Borea” IT
  10. RAJNA – ”Epidauros” FR
  11. STEIN – ”Der Bergsee” DE
  12. DEATH IN JUNE – “Peaceful Snow” GB

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

[EVENTO] Há sempre uma primeira vez para tudo...

E essa primeira vez a que o título de hoje alude é a estreia na Noruega do colectivo liderado por Albin Julius em termos de espectáculos ao vivo. Será uma estreia para eles, mas uma das datas integradas na digressão Europeia dos Der Blutharsch.

Esse concerto terá lugar no Clube Revolver, em Oslo, no dia 12 de Março. Como tem sido habitual ao longo da digressão, aos Der Blutharsch And The Infinite Church Of The Leading Hand juntar-se-ão em palco os Deutsch Nepal, Bain Wolfkind e Varunna.

Não deve estar propriamente "quentinho" nesta altura do ano pela Noruega, mas dentro do Revolver não vai haver frio de certeza na noite de 12 de Março. Apareçam e comprovem por vocês próprios!

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] Finalmente o longa-duração de estreia dos Solblot

Depois de um 7'' de apresentação muito bem recebido (do qual falamos aqui), e de uma longa espera, os Solblot editam finalmente o seu longa-duração de estreia pela mão da Heidrunar (a editora de Kim Larsen, mentor do projecto).

"För Mig Finns Ingen Väg Från Hemmets Dörr" é o nome deste trabalho do colectivo Sueco que refina a sonoridade deste particular Neofolk com toques de Folk Escandinavo, Rock Progressivo e Experimentalismo. A nível lírico as letras são em Sueco com excertos do laureado Nobel Verner von Heidenstam, evocando hinos de um país que apenas existiu nos seus sonhos.

Composições simples, melódicas e que captam facilmente a atenção, mas com arestas afiadas como que a relembrar-nos que por aqui não se brinca. A lista de convidados é impressionante, reforçando um disco que já de si é uma das boas surpresas do ano.

Este trabalho está disponível em versão CD, incluindo um livreto de 16 páginas, e em duas versões em vinil: uma em preto, limitada a 400 cópias, e outra em amarelo, limitada a 100 cópias. Em qualquer uma delas, o alinhamento é o seguinte:
  1. Himladrottningens bild i Heda
  2. Paradisets timma
  3. Kommer aldrig solen?
  4. En dag I
  5. En dag II
  6. Sommarljuset
  7. Åkallan & löfte
  8. Drömsyn på ängen
  9. Barrikadsång
  10. Medborgarsång
  11. Ålderdomen

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

[EVENTO] Em Bruxelas a coisa muda um pouco

Depois de termos acompanhado durante bastante tempo a digressão Europeia dos Der Blutharsch em formato quarteto, chegamos à data prevista para Bruxelas e mudamos ligeiramente o alinhamento para um quinteto, tornando esta data especial mesmo no âmbito desta digressão.

O palco será o Magasin 4, na capital Belga, e a data 15 de Março. Para além dos já conhecidos Der Blutharsch And The Infinite Church Of The Leading Hand, Deutsch Nepal, Bain Wolkfind e Varunna teremos a estreia dos Aluk Todolo, com quem Albin Julius lançou um disco no ano passado, que assim se juntam ao quarteto regular para uma data especial.

Se tiverem oportunidade de estar em Bruxelas nessa altura aproveitem, e ficam com o privilégio de assistir à data diferente de uma digressão muito interessante.

domingo, 19 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] Uma estreia bombástica

Quando olharmos para a nossa discoteca de pérolas do Industrial Marcial daqui a uns anos, para além dos nomes consagrados de hoje é provável que tenhamos os Kraschau também presentes. E nada melhor do que começar com "Offenbarung", a estreia pela mão da Gradual Hate Records em parceria com a Twilight Records.

Um disco inspirado pelos grandes impérios Europeus contemporâneos, como o Império Austro-Húngaro ou da Prussia, explora liricamente conceitos do misticismo cristão e do espírito guerreiro que contrasta com a cobardia que vivemos actualmente.

A nível sonoro, temos aqui um disco em que as costelas épica e bombástica dominam a composição, com sonoridades neoclássicas, sinfónicas e - claro - marciais sempre bem presentes. Excertos de discursos ajudam a criar o ambiente que se vive, e saímos da audição deste disco com vontade de conquistar o mundo pelas nossas próprias mãos e repor os valores de outrora que realmente interessam.


Apresentado num digipack de belo efeito, conta com o seguinte alinhamento:
  1. Unser Glaubensbekenntnis
  2. Kennst Du Deine Farben?
  3. Teremts!
  4. Heiliger Krieg (Innere Und Äußere)
  5. Lux Mundi I. (Der Schrift)
  6. Lux Mundi II. (K.U.K.)
  7. Egység és Rend
  8. Nekünk Mohács Kell!
  9. Heimatslos (Epilog)

sábado, 18 de fevereiro de 2012

[EVENTO] É a vez da Holanda

Depois de já termos percorrido um bom número de países a acompanhar a digressão Europeia dos Der Blutharsch, chega a vez da Holanda receber o quarteto que irá percorrer boa parte da Europa Central, Norte e Leste (para pena de quem está no Sul, como nós) durante Março.

O evento terá lugar no dia 14 de Março no Clube Baroeg, em Roterdão, e junta em palco para além dos Der Blutharsch And The Infinite Church Of The Leading Hand também os Deutsch Nepal, Bain Wolfkind e também os Varunna.

Como também tem sido habitual, a noite ficará completa com um after party animado pelo DJ convidado, para nos manter na senda da boa música durante as horas subsequentes ao concerto. Há mais na Holanda para além de boa música, mas este é um bom motivo para lá darmos uma saltada.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] Dois dígitos de emissões

No passado dia 13, o programa de rádio Cafe Europa que temos vindo a acompanhar desde o seu início chegou aos dois dígitos de emissões. Um número bonito, mas que representa apenas o início de uma viagem que certamente nos vai acompanhar por muito mais tempo.

Esta 10ª emissão foi dedicada aos três volumes da compilação "Dark Britannica", respectivamente "John Barleycorn Reborn" como Volume I, "We Bring You a King with a Head of Gold" como Volume II (do qual falamos aqui) e "John Barleycorn Rebirth" como Volume III (do qual falamos aqui), todas elas pela mão da Cold Spring Records.

Como habitual podem descarregar livremente esta emissão, com a primeira hora a estar disponível aqui e a segunda hora a estar disponível aqui.

O alinhamento completo é o seguinte:
    Hora 1
  1. BLOOD AXIS – “The Hangman And The Papist”  
  2. THE HORSES OF THE GODS – ”John Barleycorn” 
  3. DRAGON SPIRIT – “Always Be Ours”
  4. RICHARD MARTERS – “The Wind Knows”
  5. PAUL NEWMAN – ”Lavondyss”
  6. SOL INVICTUS – ”To Kill All Kings”  
  7. MAGICFOLK – ”Green Man”
  8. DROHNE –  ”Nottamun Town”  
  9. JOHN PARKER – “Manningham Blues”
  10. SIEBEN – ”Ogham On The Hill (remix)”  
  11. JAMES REID – ”Elder”
  12. THE HARE AND THE MOON – “The Three Ravens”
  13. STORMCROW – ”Gargoyle”
    Hora 2
  1. WOODEN SPOON – ”Children's Soul”
  2. DAMH THE BARD – ”Spirit Of Albion”
  3. CERNUNNOS RISING – ”Hear It With My Heart”
  4. THE KITCHEN CYNICS – ”The Guidman's Ground”
  5. ANDREW KING – ”Dives And Lazarus”
  6. TONY WAKEFORD – ”The Devil”
  7. NOVEMTHREE – ”Scythe To The Grass”
  8. MARTYN BATES – ”The Resurrection Apprentice”
  9. TWELVE THOUSAND DAYS – ”Thistles”
  10. THE STORY – ”All Hallow's Eve”
  11. IAN MCKONE – “Searching for Lambs”
  12. THE STRAW BEAR BAND – ”Bear Ghost (master)” 
  13. THE ANVIL  – ”John Barleycorn Must Live”
  14. STRAWBS  – ”The Hangman And The Papist”

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

[EVENTO] Paris daqui a um mês

E que tal uma visita a Paris no próximo dia 16 de Março? Mais concretamente ao Clube Glazart, onde podemos continuar a acompanhar a digressão Europeia de Albin Julius e dos seus Der Blutharsch And The Infinite Church Of The Leading Hand.

Com organização a cargo da Noir Productions, em palco (e como habitual nesta digressão) teremos para além dos Der Blutharsch "e as outras coisas todas" os Deutsch Nepal, Bain Wolkfind e Varunna. Mais uma grande noite em perspectiva, portanto.

Há muito de interesse pela capital Francesa, e este será mais um motivo para regressarmos à "Cidade Luz" no próximo mês. Se estiverem por lá, não percam.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] Notícias do nosso bardo preferido

Já não há bardos como outrora, mas ainda há quem insista em manter essa tradição viva, dadas as devidas distâncias. B'ee será porventura o expoente máximo dessa facção, e para o comprovar dá-nos mais uma demonstração do seu talento com um novo trabalho em nome In Gowan Ring.

"Webs Among The Din Vol3" é lançado pelo próprio e, como no nome indica, é já o terceiro disco numa série de lançamento muito pessoais, intimistas e limitados - neste caso, a 69 cópias apenas.

Neste disco reúne fragmentos de composições e músicas criadas sob o domínio do Outono do ano passado, que cai muito bem no tempo Invernal que agora atravessamos. Quase como uma memória de tempos mais amenos, é um disco que trás um raio de luz a este frio que nos atravessa, e um bom roteiro de viagem para todos os locais onde estas músicas foram criadas. Como um bom bardo deve fazer.

O alinhamento completo é o seguinte:

  1. Persephone Awakens
  2. October´s Song
  3. Again
  4. Ritual I
  5. White Angel
  6. Boat Of The Moon
  7. Seven Sevens
  8. Snowcloud
  9. Evening Air
  10. Ritual II
  11. No Other
  12. Song For Isabel
  13. Persephone Sleeps

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

[EVENTO] Milão espera por nós

Depois de termos andado pelo Norte e Centro da Europa nos primeiros dias de Março, é altura de descermos um pouco mais para Sul e visitarmos Milão mais lá para o meio do mês, continuando a acompanhar Albin Julius na digressão Europeia de que vos temos vindo a falar.

No dia 17 de Março teremos no Palazzo Granaio em Milão uma noite com o alinhamento habitual: Der Blutharsch And The Infinite Church Of The Leading Hand, Deutsch Nepal, Bain Wolfkind e Varunna vão certamente dar-nos mais um excelente espectáculo nesta ronda multinacional.

Para depois do concerto está prevista a continuação da festa, com a garantia de qualidade da organização de Das Rummel. A senda continua em Milão, mais datas nos próximos dias.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] Tragédia Espanhola, já que a Grega está falida...

Com a Grécia em falência, até os actos de tragédia têm encontrado outras paragens para se expressar. Neste caso em particular falamos de "Vanguard", a estreia dos Suverana que surge agora pela mão da Rage In Eden.

Um misto de Industrial e Neo-Clássico é o que podemos encontrar neste disco do colectivo Espanhol, em que a música está recheada de momentos melódicos mas também de ritmos marciais que preenchem as emoções em ambos os pólos do espectro.

Conceptualmente dedicado à tragédia e melancolia Espanhola, nas palavras do próprio criador Mario, foi um disco criado num esforço colaborativo entre vários agentes activos da rede local. O resultado final é maior do que a soma das partes.


O alinhamento completo é o seguinte:
  1. Göttliche Verehrung
  2. Helligkeit 
  3. Regn slut
  4. Lineague
  5. The Borderline
  6. Tenebrae
  7. Terrore urbi
  8. Tagen
  9. Vanguard
  10. XII Viacrucis
  11. Kutt
  12. Exilio
  13. Cyanide skies
  14. Sed oblitus
  15. 1936

domingo, 12 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] Não se faz a coisa por menos

Não faz grande sentido tentar explicar o percurso de Matt Howden com os seus Sieben. Ou se conhece um dos mais extraordinários projectos a solo deste lado do Atlântico, ou se é uma pessoa menos feliz. O talento do Britânico é por demais conhecido, e tem sido bem evidente nas várias visitas com que nos tem agraciado. E agora temos mais uma oportunidade de o confirmar.

"No Less Than All" é o novo trabalho de Sieben, depois de um ano de interregno de lançamentos, e surge novamente pela mão do próprio Matt com o seu selo Redroom. É já o décimo disco numa carreira de 13 anos, que aliado à qualidade do trabalho diz-nos muito sobre a genialidade de Matt Howden - quantidade e qualidade juntos, há poucos que o consigam fazer.

Este é um disco emocional, como é habitual nos trabalhos de Sieben. Seguindo a sua linha sonora tradicional, em que o violino é o centro de todas as atenções, temos momentos de fúria e de introspecção entrelaçados, numa montanha russa de emoções que nos vai fazer vibrar como as cordas do instrumento. E ficaremos a aguardar a próxima visita para podermos ver em primeira mão a transposição do trabalho ao vivo - a julgar pelo que ouvimos, será brilhante!


O alinhamento completo é o seguinte:
  1. Music Is Light
  2. Preacher Online
  3. I Saw A Face
  4. Vonnegut
  5. Transmission
  6. Shake The Tree
  7. Black Dog Day
  8. No Ordinary Life
  9. He Can Delve In Hearts
  10. In A Train
  11. No Less Than All
  12. Music Is Light, Part II (Play Me Again)

sábado, 11 de fevereiro de 2012

[EVENTO] Sempre bom voltar a Praga!

Quem ainda não foi a Praga só tem uma solução: arranjar forma de por lá passar uns tempos. Não se consegue explicar o ambiente que paira no ar na que foi já apregoada como a "Paris do Leste" mas que, se me permitem, parece-me bem melhor do que a capital Francesa. E hoje trazemo-vos mais uma razão para darem uma volta pela bela Praga.

Essa razão é a data na capital da República Checa que está integrada na digressão que os Der Blutharsch And The Infinite Church Of The Leading Hand estão a fazer por essa Europa fora, acompanhados dos Deutsch Nepal, Bain Wolfkind e Varunna.

Marquem nas agendas: dia 8 de Março, no Klub 007 Strahov, cortesia da Nová Alternativa. Uma noite recheada de boa música, numa cidade que nos cativa a cada esquina, e que tem tudo para ficar para a posteridade. Não acreditam? Têm bom remédio... apareçam por lá daqui a pouco menos de um mês e comprovem por vocês próprios!

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] Convém não esquecer este disco...

Parece que já foi há muito tempo atrás, mas foi apenas em 2010 que os Les Discrets lançaram a sua estreia. Fursy Teyssier não era nenhum estranho no mundo da música, e talvez isso tenha contribuído para o sucesso que granjearam apenas com um disco, mas pela mão da Prophecy Productions temos agora a segunda entrega desta história particular.

"Ariettes Oubliées..." apresenta o colectivo Francês numa abordagem muito mais madura à sua sonoridade. A prestação vocal de Teyssier é particularmente bem conseguida, e a composição é uma mistura harmoniosa de PostRock, Doom e Shoegaze que resulta bastante bem no conjunto. Um disco sólido que vai certamente continuar a alimentar a ascensão dos Les Discrets.

Sendo Teyssier um artista gráfico conceituado, era natural que houvesse algo de especial na edição também a este nível. Para além da edição normal em CD, destacamos a edição especial em artbook, limitada a 1000 cópias, que inclui um segundo disco com faixas bónus, um livreto de 48 páginas em capa dura e o código de download do videoclip que dá nome ao disco. Uma edição fantástica que ficará bem na discoteca de qualquer melómano.


O alinhamento completo é o seguinte:
    "Ariettes Oubliées..."
  1. Linceul d'hiver
  2. La Traversée
  3. Le Mouvement perpétuel
  4. Ariettes oubliées I : Je devine à travers un murmure...
  5. La nuit muette
  6. Au Creux de l'hiver
  7. Après l' Ombre
  8. Les Regrets
    Faixas Bónus
  1. Le Souffle Froid
  2. Ariettes Oubliées II: Il Pleure Dans Mon Cœur…
  3. L'Échappée (Acoustic Version)

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

[EVENTO] Agora vamos a Copenhaga

Continuamos a falar das várias datas integradas na digressão que os Der Blutharsch vão fazer por essa Europa fora durante Março - ou pelo menos por uma parte da Europa, porque infelizmente o nosso país ficou de fora do lote de datas confirmadas.

A próxima paragem será em Copenhaga, no clube Krudttonden, com organização da The Black Cat, no dia 10 de Março. Como nas restantes datas da digressão, o alinhamento será composto pelos Der Blutharsch And The Infinite Church Of The Leading Hand, Deutsch Nepal, Bain Wolfkind e Varunna.

Este Dark Spring Festival (é assim que esta data é enquadrada pela organização) continua depois pela noite fora, com os DJ's convidados pela organização a animarem os presentes até de madrugada.

Se estiverem pelas bandas, dêem uma saltada a um dos melhores clubes da Dinamarca, para uma noite bem passada.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] Voltamos à mesa preferida do Cafe Europa

Mais uma semana que passou, mais um motivo de interesse que o Cafe Europa nos apresenta. O programa da Rádio Às chega à nona emissão, que foi para o ar no passado dia 6, e trouxe-nos mais duas horas de excelente música.

Horas essas que podemos revisitar sempre que quisermos, graças à excelente política de disponibilizar os programas para download. Podem descarregar a primeira hora aqui, e a segunda hora aqui.

O alinhamento completo da emissão é o seguinte:
    Hora 1
  1. LOTTE LENYA sing KURT WEIL – “Alabama Song” DE 
  2. LAIBACH – “Germania” 
  3. DER FEUERKREINER – “Die Westkusten” IT 
  4. ALLERSEELEN – “Schwartzer Rab” AUS
  5. HEKATE – “Morituri Te Salutant” DE
  6. GOLGATHA (w. 6TH COMM) – “Icarus” DE
  7. VON THRONSTAHL – “Gloomy White Sunday” DE
  8. WERKRAUM– “Crystals’” DE
  9. FALKENSTEIN – “Sommer” DE
  10. TRINITHOS – “Das Opfer” DE
  11. DEFILE DES AMES – “August” GR
    Hora 2
  1. KREPULEC – “Mysl O Przyszlosci” PL 
  2. KREUZWEG OST – “Oh No Lo So, Magnifico” AUS
  3. THE WELL OF SADNESS – “La Marche” IT
  4. STORM OF CAPRICORN – “Des Souvenirs De Poudre” FR 
  5. CAMARATA MEDIOLANENSE – “Fuoco” IT 
  6. SEVEN PINES – “L’Appel des Nymphes” FR 
  7. SVARROGH – “Temple of The Sun” BUL
  8. H.E.R.R. – “Neroica” NL
  9. AIN SOPH – “Cuore Nero” IT
  10. DER BLUTHARSCH – “Untitled” AUS
  11. ORDO ROSARIUS EQUILIBRIO – “Tango For The Concession Of The Suspender Princess” SUE 
  12. MARIANNE FAITHFULL – “Alabama Song” GB

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

[EVENTO] Vamos à Eslováquia

Não me recordo nos últimos tempos de vos termos proposto um evento na Eslováquia, mas há sempre uma primeira vez para tudo. Esta data está integrada na digressão Europeia (ou pelo menos pelos lados Este e Central da Europa) que os Der Blutharsch (na versão curta do novo nome) vão fazer durante o mês de Março.

Mais concretamente será no dia 7 de Março que o Clube U Ocka vai receber este evento, liderado pelos Der Blutharsch And The Infinite Church Of The Leading Hand, e também com a presença dos Deutsch Nepal, Bain Wolfkind e Varunna.

Este será um alinhamento repetido ao longo das restantes datas da digressão, como vos iremos trazendo ao longo dos próximos dias. Infelizmente não vamos ter nenhuma data muito perto de nós, por isso o melhor será escolher um destino Europeu do vosso agrado e aproveitar o turismo para ver um belo concerto.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] Começar a semana a bombar

A segunda-feira é sempre aquele dia estranho: a aurora de uma semana nova, onde ainda tudo é possível, mas também a ressaca do fim-de-semana em que somos trazidos novamente à terra e aos assuntos mundanos que nos ocupam diariamente. Por isso, nada melhor do que começar a segunda-feira com uma bomba, na acepção positiva da palavra.

E essa bomba materializa-se em "Paroxysm", o novo trabalho dos Auswalht depois da sua estreia no ano passado. Com selo Rage In Eden, temos aqui um disco Marcial de cariz militarista na mais pura configuração do estilo.

Sob a batuta de Svan Mann, os Auswalht desfilam épicos uns atrás dos outros que colocam definitivamente a França como o local de onde projectos muito interessantes dentro desta sonoridade estão a surgir. Descubram por vocês próprios.

O alinhamento completo é o seguinte:
  1. Necropolis
  2. Mors sororis
  3. The last conflict
  4. Lake of blood
  5. Hyperborean
  6. Apotheose
  7. La fureur et le bruit
  8. Paroxysm
  9. Pantheon
  10. Army tenebrae

domingo, 5 de fevereiro de 2012

[EVENTO] Mr. Albin Julius on tour

Em Março teremos a possibilidade de assistir a mais uma digressão bastante interessante, desta feita com os (vamos lá ganhar fôlego para dizer o nome todo) Der Blutharsch And The Infinite Church Of The Leading Hand do grande Albin Julius.

Uma das primeiras datas terá lugar no dia 9 de Março, no Reithalle de Dresden, sob a batuta da Equinoxe Organization. Não é a primeira data da digressão, mas tudo a seu tempo.

O suporte aos Der Blutharsch (bem mais simples assim) será dado por Bain Wolfkind, Deutsch Nepal e Varunna. Tudo velhos amigos para desfrutar de uma noite com certeza muito bem passada.

Não estará propriamente tempo agradável em Dresden nesta altura do ano, mas a julgar pelo que temos lá fora a diferença também não deve ser assim tão grande. Aproveitem se estiverem pela vizinhança, que vai ser um belo concerto.

sábado, 4 de fevereiro de 2012

[EVENTO] Rites Folk Festival

Temos um grande evento em preparação na bela cidade de Viena, na Áustria. Estamos a falar do Rites Folk Festival que terá lugar na Viper Room, com a organização da Klang Galerie e o suporte da Steinklang Industries.

Teremos em palco nessa noite os Spiritual Front, Matt Howden com o seu projecto Sieben, os :Golgatha:, e a "jogar em casa" os Jannerwein e Ashley Dayour com o seu projecto Music For Rituals.

A data marcada é o dia 17 de Março, por isso marquem na agenda e assegurem a vossa presença num dos mais interessantes eventos deste início de ano.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] Psicose Alemã tratada por Italianos

Ao longo dos anos fomo-nos habituando aos conceitos explorados pelos Teatro Satanico, sempre relevantes e com uma grande dose de perspicácia à mistura, mordazes e inteligentes como poucos. Essa senda continua com "Gold In Blei" lançado pela Treu Um Treu.

Neste vinil de 7'' os Italianos exploram duas das mais infames figuras femininas da história contemporânea Alemã: Ulrike Meinhof (o anjo caído) e Ilse Koch (o demónio em ascensão). Este yin-yang criado pelas mentes de Devis e Kalamun explora uma sonoridade mais electrónica e menos abrasiva, mas mesmo assim plena de motivos de interesse.

A edição é limitada a 314 cópias numeradas à mão, metade em vinil dourado e a outra metade em vinil cinzento. É só escolher a cor e embarcar noutra viagem marada, cortesia dos nossos amigos preferidos Italianos.


O alinhamento completo é o seguinte:
  1. Ulrike Meinhof
  2. Ilse Koch

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] Nem os problemas técnicos param o Cafe Europa

Foi para o ar no passado dia 30 de Janeiro a emissão número 8 do Cafe Europa, o programa da Rádio Às que nos trás da melhor música que se faz por essa Europa (e também resto do mundo) fora. Sempre duas horas recheadas de belas pérolas.

Outro dos atractivos do programa é disponibilizar as emissões para download, o que infelizmente não pode acontecer deste feita devido a problemas técnicos. Serão menos duas horas para revisitar durante a semana, mas há sempre a próxima emissão já ao "virar da esquina".

De qualquer forma, fica o alinhamento desta emissão:
    Hora 1
  1. THE DRESDEN DOLLS – “Coin Operated Boy” USA 
  2. THE GOTHIC ARCHIES – “The World Is a Very Scary Place” USA 
  3. KATZKAB – “Join Us Edit” FR 
  4. COCO ROSIE – “Happy Eyez” USA
  5. NOVALIS deux – “The Clown” DE 
  6. STRAWBERRY SWITCHBLADE – “Since Yesterday” GB 
  7. OSTARA – “Calling To The Storm” GB
  8. SPIRITUAL FRONT – “Cruisin’” IT
  9. OUTOFSIGHT – “Polish Splin” POL 
  10. GAE BOLG – “Brevet De Reminiscence Perpetuelle” FR 
  11. DIE FORM – “Rain of Blood” DE 
  12. ATTRITION – “Adam and Eva The Resurrection” GB
  13. ARGINE – “Radjodramma” IT 
  14. UNEXTRAORDINARY GENTLEMEN – “Black Iron Road (2011 version)” USA
  15. CALLE DELLA MORTE – “Gente di Mallafare” IT
    Hora 2
  1. POP DELL ARTE – “Simeon (You Started Something I Want To Finish Now!)”” PT 
  2. LA CHANSON NOIRE – “Menage à Trois” PT 
  3. PALUMBO - TOMASINI – “All Through The Darkness” IT
  4. MIMI GOESE & BEN NEILL – “Roma” USA 
  5. BEIRUT – “Rhineland (Heartland)” USA
  6. DANDELION WINE – “Stable” AUT 
  7. BACKWORLD – “Language Of Dreams” USA
  8. LUX INTERNA – “Fallen” USA
  9. OTWATM – “Watch The Skyline Catch Fire” DIN 
  10. ROME – “The Secret Sons Of Europe” LUX 
  11. PROLEPSE – “Prototipo“ PT 
  12. BOYD RICE AND FRIENDS – “People” USA 
  13. NATURE AND ORGANISATION – “Skeletontonguedworld” GB
  14. CHURCH OF RAISM – “Night Scar” GB 
  15. VOLTAIRE – “Coin Operated Goi” USA

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

[NOTICIA] Na sequência de ontem

Depois de ontem vos termos falado do novo disco de Egida Aurea, hoje trazemo-vos a edição de coleccionador de Diego Banchero, se podemos chamar assim à caixa que a Hau Ruck! S.P.Q.R. acabou de disponibilizar.

Numa edição limitada a 37 cópias numeradas à mão, esta caixa inclui os discos lançados até ao momento pelos Egida Aurea, assim como o longa-duração de estreia dos Recondita Stirpe, o outro projecto de Diego.

Adicionalmente junta a estes 4 discos um poster A5, um autocolante, um banner da banda e um flyer do concerto de Paris. Para quem ainda não tem os discos, é uma excelente oportunidade de ficar a conhecer melhor o talento de Diego Banchero.

Os títulos contidos na caixa são os seguintes:
  • Egida Aurea – Storia di una rondine
  • Egida Aurea – La mia piccola guerra
  • Egida Aurea – Derive
  • Recondita Stirpe – Nessuna Letargia