sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

[NOTICIA] Uma boa oportunidade para recuperar o passado

Já há muito (demasiado!) tempo que não temos notícias dos Arcana. Nem foi assim há tanto tempo atrás que lançaram o último trabalho, mas o nível incrivelmente alto que conseguem atingir com a sua música torna-a uma droga (em todos os bons sentidos possíveis) à qual não conseguimos resistir muito tempo. Daí que este "The Extra Songs Of Arcana" seja precisamente o remédio que precisamos agora.

Não se trata de um novo disco mas antes de uma recolha de faixas editadas no passado, entre compilações e EP's, que de uma ou de outra forma não são fáceis de encontrar. Destaque ainda para uma faixa registada ao vivo em Portugal, dando ao nosso país um lugar especial no seio dos Arcana.

A edição é digital e disponibilizada directamente pela banda aqui. Dizem-nos que 2014 será o ano em que finalmente teremos um novo disco do colectivo Sueco, por isso resta-nos esperar mais um pouco para termos a possibilidade de deleitar-nos novamente nas únicas paisagens sonoras que os Arcana conseguem criar.

O alinhamento completo é o seguinte:
  1. This Big Hush
  2. A Cage
  3. For Our Continuity
  4. As Night Turns to Day
  5. Dehkbala
  6. Enigma of the Absolute
  7. The Arcane
  8. Intro
  9. Precious Stone
  10. The irreversible truth
  11. Body of Sin
  12. Eclipse of the Soul
  13. Emperor of the sun
  14. Eternal Sleep
  15. Spirits of the Past
  16. Part I-II-III
  17. Part IV - A New Amber
  18. Perdidit Cantus - live in Portugal

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

[NOTICIA] Banda sonora para a revolução

Foi já há dois anos que os Kraschau se apresentaram ao público com o seu disco de estreia, na altura uma edição repartida entre a Gradual Hate Records e a Twilight Records. As duas editoras voltam agora a juntar forças para lançar "Falanx", o segundo disco do colectivo Húngaro.

A nível sonoro, este trabalho continua a explorar os caminhos Neoclássicos sinfónicos da estreia, talvez com uma tensão acrescida entre os elementos industriais mais agressivos e os momentos orquestrais mais bombásticos.

Um disco intenso que nos enche a reserva de combustível para alimentar o que estejamos a fazer. Um bom disco para a (revolu)acção.

O alinhamento completo é o seguinte:
  1. Gott erhalte den Habsburger-Thron
  2. Neuzeichnung der Karte Europas
  3. Gegen/Revolution
  4. Christus vincit! (intermezzo)
  5. Cultul Morcilor
  6. Resurrexit
  7. Falangista soy (Falanx I.)
  8. Por la Gloria (Falanx II.)
  9. ¡Pasaremos! (Falanx III.)
  10. A Nap felé... (Falanx IV.)

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

[NOTICIA] A Natureza em formato sonoro

É interessante perceber como a Natureza é capaz de ter tão grande influência na música, como no caso dos Empusae. Desde sempre que a adição de elementos orgânicos à matriz de base Industrial tem sido um factor distintivo na carreira do projecto liderado por Nicolas Van Meirhaeghe, mas o novo trabalho "Sphere From The Woods" reforça ainda mais essa ligação.

O novo disco, com selo Ant-Zen, retira das florestas e árvores a sua força criativa - como aliás o próprio nome indica. É uma fusão entre elementos naturais e orgânicos com a electrónica, entre o acústico e o sintetizado, entre a recolha de sons da Natureza e o processamento feito em estúdio. Tudo mesclado de forma inteligente e muito bem conseguida, seguindo um fluxo lógico e que nos deixa embrenhados na paleta sonora que Nicolas consegue criar.

Destaque também para a edição em caixa de madeira, que para além de incluir o CD (também disponível na versão regular) acrescenta-lhe algum material adicional como autocolantes e postais. Mesmo a edição reflecte o carácter orgânico latente em todo o conceito deste disco.

O alinhamento completo é o seguinte:
  1. Ritual For Saille
  2. Sphère Des Bois
  3. Into The Abyss Of The Forest
  4. Cadence Chamanique
  5. Dirge
  6. Rutsu

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

[NOTICIA] Produto Chinês com travo Europeu

Não é muito habitual falarmos de música vinda da China por aqui, com algumas honrosas excepções. Naturalmente haverá muita e de boa qualidade, dada a escala, mas em muitos aspectos continua a ser um território de difícil penetração para quem não domina a língua e a cultura. Mas hoje temos um bom pretexto para conhecermos um pouco melhor a China, através dos Raflum.

O projecto a solo de Han, que é oriundo de Sichuan, foi formado em 2009 e no ano seguinte apresentou a sua primeira demo. Desde essa altura até agora já editou mais dois títulos, mas é com o mais recente "Melodies Of Forest And Springs" editado pela Dissemination Records que nos chega à atenção.

A música dos Raflum é fortemente inspirada pelo Neofolk Europeu, transmitindo um conjunto de sensações muito próximas de nós e que de alguma forma reflectem um espírito de reclusão e introspecção que Han pretende transmitir com o seu trabalho. É um trabalho belo e melancólico que merece a nossa atenção e que vai certamente dar aos Raflum uma maior exposição internacional.

A edição regular é apresentada num digipack de 8 painéis, limitada a 500 exemplares. Na imagem podem ver a edição especial, limitada a 50 cópias numerada à mão, que contém o CD num saco de tecido, acrescenta-lhe um CDr bónus com uma faixa extra e também 8 postais. Bela edição, se ainda conseguirem encontrar uma das cópias.

O alinhamento completo é o seguinte:
    "Melodies Of Forest And Springs"
  1. Intro
  2. Sunset Glow
  3. Returning Bird
  4. Here Comes The Evening
  5. Swan Goose
  6. Secluded Vale
  7.  Encoffined In The Moor
  8. Glimmering Morn
    "Somber Rain In Midnight" (CDr Bonus)
  1. Somber Rain In Midnight

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

[NOTICIA] Uma colaboração bastante especial

Gostamos sempre quando artistas consagrados de vertentes diferentes se juntam numa colaboração. Normalmente resulta num trabalho interessante, fora do que é normal esperarmos de qualquer um deles, e com algo especial que perdurará. Como é o caso do disco de hoje, uma colaboração entre os Albireon e Tony Wakeford.

"Snowflake / Hell Is Within" foi gravado entre Itália e Londres em meados de 2013, e é lançado agora no início do ano pela Palace Of Worms. A edição é em vinil roxo de 7'', limitada a 200 exemplares.

Dois bons exemplos do Dark Folk de matrizes bem diferentes, que se juntam numa colaboração que ficará para a história, numa edição muito bem conseguida. Apressem-se se quiserem garantir o vosso exemplar.

O alinhamento completo é o seguinte:
  1. Snowflake
  2. Hell Is Within

domingo, 26 de janeiro de 2014

[NOTICIA] Demora que vale a pena

Será um nome desconhecido para a maior parte das pessoas, mas os Harmony Garden lançaram o seu disco de estreia em 2002. Foi preciso esperar uma década para que lançassem outro trabalho, neste caso um single, e na recta final do ano passado lançaram o seu segundo álbum, via Actcom Music, que vos trazemos hoje.

Este projecto Finlandês liderado por Timo Väänänen foi um dos segredos mais bem guardados da cena Neofolk Europeia durante muitos anos, mas é agora altura de serem devidamente conhecidos com este novo trabalho.

Continuam com "Fortune's Fool" a sua senda musical por entre belas melodias, uma forte dose de melancolia, e com forte predominância acústica na sonoridade. Um excelente pretexto para conhecermos melhor uma banda que merece essa nossa atenção.

O alinhamento completo é o seguinte:
  1. The Ballad Of My Last Day
  2. Death Is But A Symbol
  3. Master Called Madness
  4. My Every Sin
  5. Damage Done
  6. Longest Journey
  7. King Of Spades
  8. Heart Fell Foul
  9. Revolution
  10. Harmony Garden

sábado, 25 de janeiro de 2014

[EVENTO] No cantinho de Itália

Hoje trazemo-vos um evento em Trieste, bem no canto de Itália. Uma zona magnífica para passar uns excelentes dias, e agora com mais um motivo para merecer a nossa visita.

Será já no dia 8 de Fevereiro que no palco do Teatro do Santuario Santa Maria Maggiore teremos a presença dos Ianva, um dos melhores colectivos desta nova vaga de músicos Italianos que carregam bem alto a chama criativa transalpina.

Um evento simples, mas rodeado de uma grande beleza. Primeiro, como já referimos, pela cidade que o acolhe. Depois, pelo palco onde tocarão, enquadrado num magnífico santuário histórico. Finalmente, pela música que teremos o privilégio de ouvir se por lá passarmos.

Se estiverem perto ou quiserem uma boa sugestão de passar o fim-de-semana, marquem na agenda e não ficarão certamente desapontados.

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

[NOTICIA] Sai o cafézinho da semana

Aqui estamos de novo na nossa mesa preferida do Cafe Europa para mais duas horas de grande música, agora na nova casa da Warfare Radio. Desta feita trazemo-vos a emissão número 106 que foi para o ar no passado dia 23 de Janeiro.

Uma emissão que passa por um largo conjunto de propostas nacionais, demonstrando bem a força e diversidade que também temos na música Portuguesa, assim como um excelente conjunto de propostas menos conhecidas e que merecem toda a nossa atenção. Tudo para conferir descarregando a emissão aqui.

O alinhamento completo é o seguinte:
  1. RUKKANOR - "Warriors Of God" (POL) (deccarah - 2013)
  2. BRUNUHVILLE - "Lusitanus" (PT) (aura - 2013)
  3. NARSILION - "Las Puertas Del Mare" (ESP) (namárië - 2008)
  4. RASTABAN - "Seven Seas" (BEL) (aurora - 2013)
  5. HEXVESSEL - "Don't Break The Curse" (FIN) (iron marsh - 2013)
  6. NOVALIS DEUX - "Ghost Over Europe" (GER) (ghosts over europe - 2008)
  7. SCHATTENSPIEL - "Last Breath (Free Tibet)" (GER) (v.a. free tibet free - 2013)
  8. SCHATTENSPIEL - "El Gato Nero (feat. Igniis)" (GER) (licht und schatten - the best of schattenspiel - 2014)
  9. IGNIIS - "Ojos Celestes" (ARG) (nosotros entonces - 2013)
  10. STRYDWOLF - "Ontwaakt" (NED) (v.a. passendale 1917 - 2013)
  11. IN SCHERBEN - "Stimme Der Heimat" (GER) (das neue land - 2013)
  12. IN SCHERBEN - "Das Neue Land" (GER) (das neue land - 2013)
  13. LAIBACH - "Eurovision" (SLO) (s e.p.- 2013)
  14. THE JAPANESE GIRL - "You Should Have Switches" (PT) (a tea with twiggy kasumi - 2013)
  15. THE JAPANESE GIRL - "A Tea With Twiggy Kasumi" (PT) (a tea with twiggy kasumi - 2013)
  16. SID SUICIDE - "Saudade" (PT) (voltar - 2014)
  17. COTARD DELUSION - "Cold" (PT) (i - 2013)
  18. COTARD DELUSION - "Fallen Soldiers" (PT) (fallen soldiers - 2013)
  19. COTARD DELUSION - "Death Illusion" (PT) (v.a. gaderung - a tribute to sixth comm - 2013)
  20. DAVID E. WILLIAMS  - "Doubt To Death" (USA) (v.a. gaderung - a tribute to sixth comm - 2013)
  21. CHELSEA WOLFE - "Lone" (USA) (pain is beauty - 2013)
  22. WARD OF IRON - "Fifty-One" (GB) (the bow's rhythm (e.p.) - 2014)
  23. IN THE NAME OF - "Can You Feel The Same" (PT) (can you feel the same (sg) - 2013)
  24. ERMO - "Macau" (PT) (vem por aqui - 2013)
  25. ONIRIC - "Found Love In A Pain(t) (you make me feel)" (IT) (mannequins - 2013)
  26. ONIRIC - "Ophelia's Portrait" (IT) (cabaret syndrome - 2009)
  27. ART ABSCONs - "Parzival" (GER) (les sentiers eëternels - 2012)

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

[NOTICIA] A faísca divina da criação

Quando temos notícias de Matt Howden, e principalmente do seu projecto principal Sieben, é sempre motivo de regozijo. Tem-nos dado alguma da mais fascinante música que temos tido o privilégio de ouvir nos últimos anos, assim como prestações ao vivo absolutamente imperdíveis. E por isso falar de um disco novo de Sieben é sempre um grande prazer.

Desta feita trazemo-vos "Each Divine Spark", com selo Redroom (a editora do próprio Howden), o 11º disco de Sieben e talvez o melhor até à data. Howden escreveu as canções antes de gravar os tradicionais loops (o que só tinha acontecido uma outra vez no passado), e as gravações foram feitas ao vivo para capturar toda a magia do momento.

O resultado é um disco intenso, belo, e com músicas que irão fazer as nossas delícias durante muito tempo. Será também um prazer ouvi-las ao vivo, o que poderá acontecer em breve. A edição é apresentada em digipack com um livreto de 16 páginas para nosso deleite também visual, para além do auditivo. Sieben está melhor que nunca!

O alinhamento completo é o seguinte:
  1. Born From The Ashes
  2. She Is There
  3. Written In Fire
  4. In This Place
  5. The National Anthem Of Somewhere
  6. A Firebug Nature
  7. Sleep, Clara Bow
  8. All In Vain
  9. Afterglow
  10. Jigsaw Chainsaw
  11. Woundsound
  12. Tape Rewind

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

[EVENTO] Um gigante no Porto

Falar dos Swans é falar de um dos maiores nomes da música contemporânea, que influenciou incontáveis artistas, bandas e discos. Falar dos Swans é também falar de Michael Gira, que criou o projecto, gravou alguns dos discos mais influenciais do último século e até sobreviveu à morte do projecto, surgindo qual fénix renascida com uma nova vida a partir das cinzas.

Mas tudo isto para dizer que, cortesia da Amplificasom, teremos o prazer de ver novamente Michael Gira ao vivo no nosso país. Mais concretamente, o concerto terá lugar no próximo dia 4 de Março no Passos Manuel, no Porto.

Um concerto imperdível, um génio da música em palco, e a certeza de uma noite muito bem passada. Não é possível saber durante mais quanto tempo teremos Gira em digressão, por isso aproveitem esta oportunidade que podem não haver muitas mais no futuro.

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

[EVENTO] Um festival de 10º aniversário

Não só não é todos os dias que se celebra 10 anos de actividade, como também é um marco que muitos projectos não atingem. Daí ser perfeitamente normal que a Wrotycz Records celebre esse marco com um evento muito especial.

Será em Poznan, na Polónia, que o festival de celebração do 10º aniversário da editora terá lugar, no próximo dia 29 de Março, mais especificamente no Pawilon. Em palco teremos nomes consagrados de várias sonoridades, juntamente com jovens promessas.

Assim, os cabeças de cartaz serão os Raison d'Etre, que serão acompanhados em palco pelos Spiritual Front, Bocksholm, Antlers Mulm, Sunset Wings, Kratong e Contemplatron. Excelentes propostas que convidam a uma visita à Polónia no final do primeiro trimestre do ano.

A noite continuará em regime de celebração com DJ's convidados e muita (boa) música a acompanhar os concertos. Haverá certamente também o tradicional bolo e desejos que muitos mais festivais como este se repitam!

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

[NOTICIA] Amor em versão de trovador

O nosso trovador preferido está novamente a palmilhar a zona Leste da Alemanha, onde foi atacado por um surto viral intenso. Chama-se amor, e é o mote para o novo trabalho de In Gowan Ring. Deu-lhe o nome de "Heart Star Gift" e é lançado pelo próprio B'ee, apropriado para um presente para alguém especial.

Na verdade trata-se de uma caixa de veludo vermelho em forma de coração, cosida à mão, que alberga um vinil 7'' com duas músicas originais e um CD com 8 faixas contendo versões de algumas das músicas de amor preferidas de B'ee. Tudo criado também com amor para que possa ser um trabalho especial.

O alinhamento completo do vinil é o seguinte:
  1. Love Is A Rose
  2. Cupped Hands Spell

domingo, 19 de janeiro de 2014

[NOTICIA] Um abrigo no Inverno

Já vos tínhamos referido este disco aquando do lançamento do seu primeiro single, mas é altura de dar a "Shelter" todo o destaque que merece. Este novo trabalho dos Alcest surge com selo Prophecy Productions, como tem sido habitual nos últimos trabalhos.

Ao longo dos três longa-duração anteriores os Alcest têm vindo a cunhar um percurso através do Shoegaze e dos caminhos mais introspectivos e melancólicos da música que apreciamos por estes lados. Neige (a sua força criativa) tem vindo a dar-nos grandes discos, ao lado dos quais "Shelter" não só não destoa como ainda enriquece a sua discografia.

Ao longo das suas 8 faixas, e como o próprio nome indica, o disco constrói um refúgio de tudo o que há de errado no mundo que nos rodeia, onde nos podemos sentir perfeitamente relaxados, como num bom sonho onde o sol nos banha e aquece sem qualquer outro tipo de preocupações. O mar é também o elemento omnipresente, aumentando esse sentimento de relaxamento e refúgio, e criando um excelente pretexto para voltarmos ao disco sempre que necessitarmos.

Destaque ainda para as várias edições disponíveis: em CD regular, em vinil, numa edição em CD duplo com uma faixa extra, e numa edição em vinil acompanhado de um 7'' também com uma faixa extra. Mas a melhor é a edição em caixa, que junta tudo o que referimos em cima: a edição em CD, o CD adicional com faixa bónus, a edição em vinil, o 7'' adicional com faixa bónus, um DVD com o vídeo de "Opale" (o single de apresentação do disco), um livro de 24 páginas com anotações e letras e um segundo livro em capa dura com 48 páginas e contendo dezenas fotos assinadas. Tudo isto limitado a 500 exemplares, por isso não deixem para depois se quiserem o vosso.

O alinhamento completo é o seguinte:
    "Shelter"
  1. Wings
  2. Opale
  3. La Nuit Marche Avec Moi
  4. Voix Sereines
  5. L'Eveil Des Muses 
  6. Shelter
  7. Away
  8. Délivrance
    CD / 7'' Bónus
  1. Into The Waves

sábado, 18 de janeiro de 2014

[NOTICIA] Mudamos de local mas o café é o mesmo

No ciclo interminável da lei Natural, para algo nascer outro algo tem que morrer. Assim se aplica também ao Cafe Europa - não ao programa propriamente dito, mas à rádio em que o mesmo é difundido. Uma decisão de ano novo da Câmara Municipal de Aveiro foi encerrar o projecto da Rádio Ás, que albergava desde o início o nosso programa de rádio preferido. Discutível, no mínimo, mas o que importa é que o Cafe Europa encontrou um novo lar, desta feira na Warfare Radio.

E coube à emissão número 105, que foi para o ar no passado dia 16 de Janeiro, o privilégio de abrir as emissões nesta nova casa. Se bem repararam na data, não foi a rádio a única coisa a mudar - o Cafe Europa passa agora a ser transmitido às quintas-feiras, das 22h às 24h. Duas horas da música que mais gostamos, que podem descarregar livremente aqui.

O alinhamento completo da emissão é o seguinte:
  1. KREUZWEG OST - “Exitus In Paradisum”(AUS) (gott mit uns - 2012)
  2. ARCANA - “In Memoriam “(SWE) (as bright as a thousand suns - 2012)
  3. IANVA - “La Ballata Dell Ardito”(IT) (disobbedisco - 2006)
  4. IANVA - “Galleria Delle Grazie”(IT) (italia: ultimo atto - 2009)
  5. IANVA - “Canzone Dell Eterna Aurora”(IT) (la mano di gloria - 2012)
  6. KIRLIAN CAMERA - “Materia Oscura”(IT) (black summer choirs - 2013)
  7. ALLERSEELEN - “Sturmlied”(AUS) (rauhe schale - 2010)
  8. BARBAROSSA UMTRUNK - “Der Talisman Des Rosenkreuzers”(FR) (der talisman des rosenkreuzers - 2012)
  9. STURMPERCHT - “Der Schlafende Kaiser”(AUS) (bergentruckt - 2013)
  10. DER FEURKREINER - "Wir Rufen Deine Wölfe"(IT) (v.a. wir rufen deine wölfe - 200X)
  11. DIVINE MUSAK - “Teach Me Pain”(ROM) (v.a. we're punch addicted - 2008)
  12. COMANDO SUZIE - “Luces Blancas”(ESP) (v.a. we're punch addicted - 2008)
  13. SOPOR AETERNUS - “Backbone Practise”(GER)( la chambre d'echo - 2004)
  14. SOPOR AETERNUS - “Alone 2”(GER) (poetica - 2013)
  15. SOPOR AETERNUS - “Haunted Palace”(GER) (poetica - 2013)
  16. SOL INVICTUS - “The Cruellest  Month”(GB) (the cruellest month - 2012)
  17. FIRE + ICE - “Nimm”(GB) (fractured man - 2012)
  18. BLOOD AXIS - “The Path”(USA) (born again - 2010)
  19. DEATH IN JUNE - “My Company Of Corpses”(GB) (the snow bunker tapes - 2013)
  20. ONIRIC - “The Echoes Of The Sky”(IT) (cabaret syndrome - 2009)

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

[NOTICIA] Uma bela surpresa do país vizinho

Apesar da qualidade do seu trabalho, os projectos oriundos de Espanha não primam pela quantidade. Pelo menos têm os pratos da balança bem prioritizados, mas dada a qualidade esperamos sempre por novas propostas que nos despertem o interesse. Que é o que precisamente temos com este trabalho de Neonymus.

Silverio Cavia (ou Silberius Ura, como também é conhecido) é a mente por detrás de Neonymus. Com o enigmático título de "Ø", este disco lançado pela Gradual Hate Records apresenta-nos a visão musical muito particular de Silverio - uma mescla de vozes, diferentes sons e instrumentos, que criam música reminescente das nossas raízes e com uma evocação arcana quase mística.

É música para ouvirmos quando nos queremos distanciar deste mundo e sermos transportados para um plano etéreo onde nada existe que não seja som. A isso não é inocente o facto do disco ter sido gravado entre um mosteiro, uma gruta pré-histórica e uma casa medieval, recorrendo à magia e memória guardadas nesses locais para impregnar a música desse espírito. Um magnífico trabalho que merece toda a nossa atenção.

A edição em digipack conta com o seguinte alinhamento:
  1. Llamada A Lo Remoto
  2. Ecos De La Prehistoria
  3. El Fin Del Neandertal (Ay, La Tierra)
  4. Relato De Una Antigua Batalla
  5. Funeral Visigodo I
  6. Funeral Visigodo II
  7. Funeral Visigodo III
  8. Segunda Llamada A Lo Remoto
  9. Mati Eri Marne
  10. Tercera Llamada A Lo Remoto
  11. Lactancia Materna
  12. El Lamento De Kristina Håkonsdatter
  13. Respuesta De Lo Remoto
  14. Canción Para Llamar Al Ganado
  15. Dos
  16. Ten Seconds To Wake Up

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

[EVENTO] Um pertinho de casa

Nada como ter concertos pertinho de casa para eliminar os últimos pretextos para sair do sofá e ir apoiar os artistas que mais gostamos. Sei que não será regra para todos, mas como se costuma dizer noutros lados, "só faz falta quem lá está". Desta feita o local é o Porto, com organização a cargo da SWR.

Sendo um pouco mais específico, será no Hard Club que no próximo dia 4 de Fevereiro teremos a oportunidade de ver em palco os Alcest, os Hexvessel e os The Fauns. Três excelentes propostas para começar bem o ano de concertos em Portugal.

Os Alcest virão também promover o seu novo trabalho, do qual falaremos mais em detalhe em breve. Entretanto, nada como marcar já na agenda e aparecer no Hard Club no início de Fevereiro para o que será certamente uma noite muito bem passada.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

[NOTICIA] Uma retrospectiva completa

Não se pode dizer que os Schattenspiel (o projecto liderado por Sven Phalanx) tenham uma carreira muito longa em termos de duração temporal, mas a proficuidade dos seus lançamentos tem sido bastante assinalável. Daí até este "Licht Und Schatten" foi um pequeno salto, transposto com a ajuda da SkullLine.

Este é um disco duplo que funciona de uma forma bipartida: num disco temos uma colecção dos melhores momentos dos diferentes trabalhos dos Schattenspiel, como um típico best of que encontramos tantas vezes; no outro disco temos uma colecção de versões de músicas dos Schattenspiel interpretadas por projectos que de uma forma ou de outra estão relacionados a Sven Phalanx.

Dada a diversidade estilística que podemos encontrar nos diferentes trabalhos do projecto Germânico, desde o NeoFolk até ao Industrial, passando pelo Dark Ambient e com incursões no Experimentalismo, não é de estranhar também a diversidade quer de artistas convidados no disco de versões, quer das próprias músicas contidas no disco de retrospectiva da carreira. Uma boa forma de conhecermos melhor o projecto ou de completarmos a colecção.

Para tornar o lançamento ainda mais especial, a SkullLine resolveu disponibilizar uma edição que, para além do disco duplo, reúne ainda o CDr "The Lost Songs" e um pin, tudo isto limitado apenas a 50 cópias numeradas à mão. Este disco estará apenas disponível nesta edição e reúne, como o próprio nome indica, faixas inéditas dos Schattenspiel que, por uma razão ou por outra, foram deixadas "na gaveta" até agora. Mais um motivo de interesse para o lançamento, que se torna agora absolutamente imprescindível.

O alinhamento completo é o seguinte:
    CD1 - The Best Of Schattenspiel
  1. Masks 
  2. Thirst 
  3. Prometheus (MKII) 
  4. El Gato Negro (Feat. Igniis) 
  5. Die letzte Fahrt Der Nautilus (5th Anniversary Mix) 
  6. Todesahnung
  7. Ordo Fratrum Minorum (Feat. Verney 1826 & Miss Kitty) 
  8. Falling Down (Feat. Hermann Kopp) (5th Anniversary Mix) 
  9. Feuertanz (5th Anniversary Mix) 
  10. Echo 
  11. Aus dem Dunkel 
  12. Vorwärts (5th Anniversary Mix) 
  13. The House Of Usher 
  14. Good Morning Sick World (Feat. Art Of Empathy & Miss Kitty) 
  15. Western Front 
  16. Sturmwarnung (Feat. Barbarossa Umtrunk) (5th Anniversary Mix) 
  17. Ruhe Vor Dem Sturm (Feat. Verney 1816) 
  18. Dunkle Wolken Ziehen Auf (5th Anniversary Mix) 
  19. Morgendämmerung (5th Anniversary Mix) 
    CD2 - A Tribute To Schattenspiel
  1. Strydwolf - Many Are Called Few Are Choosen 
  2. Barbarossa Umtrunk - The Grave At The Bottom Of The Sea 
  3. Verney 1826 Feat. Miyuki Day - Todesahnung 
  4. The Victim's Ball - Slow Motion, Mirror Image 
  5. Igniis - El Gato Negro 2013 
  6. TSIDMZ - Sturmwarnung 
  7. Niemandsvater - Niemandsland 
  8. Miss Kitty - To The Ocean 
  9. Cydonia - Zirkulat 
  10. Acta Non Verba Feat. Mori Bondo - Der Vorhang Ist Gefallen 
  11. Langemarck - Aus Dem Dunkel 
  12. INTENT:OUTTAKE - Die Letzte Fahrt Der Nautilus 
  13. Stahlplanet - Dunkle Wolken Ziehen Auf 
  14. Iris Traumann - Falling Down (Space-RMX) 
  15. CyraDark - Eschatological Scenario 
    CDr Bónus: "The Lost Songs"
  1. Im Jetzt 
  2. Gwer Nemeton feat. Barbarossa Umtrunk (Alternate Version) 
  3. Echoes of The Shaman (The Golem's Play) - EthnaMorte remixed by Schattenspiel 
  4. Faeries & Goblins (feat. Rex The Ninth) 
  5. Shaman Rising - EthnaMorte remixed by Schattenspiel 
  6. Nachtpfad 
  7. REvolution (Preview Medley)

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

[NOTICIA] Um regresso ao meio aquático

Tenho uma confissão a fazer: tenho um fraquinho por tudo o que tenha a ver com água. Aliás, o meio aquático acaba por ser onde me sinto perfeitamente bem, não fosse o pormenor de não conseguir respirar debaixo de água. Vem isto ao caso por causa do novo disco dos Troum, que encerra também um capítulo na sua história.

"Mare Morphosis" é a terceira e última parte da trilogia "Power Romantic" iniciada em 2010. É também o seu disco mais sinfónico, refinado e orquestral até ao momento, não só da trilogia mas talvez até da sua carreira. Uma longa faixa que nos arrasta até ao toque delicado das ondas e nos abraça nos seus encantos.

Com selo Transgredient Records, é um disco profundo, fluído, melancólico até, mas também intemporal. Imaginem o oceano transformado em música Industrial mesclada entre o experimentalismo e a sinfonia, e podem ter uma boa ideia do que podem esperar deste trabalho.

A edição é apresentada num digipack de 8 painéis, limitada a 1000 exemplares, e conta com o seguinte alinhamento:
  1. Mare Morphosis

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

[NOTICIA] Um marco de longevidade

Não é muito normal termos artistas que celebram o marco do lançamento do seu 50º álbum (sim, leram bem, são cinco dezenas de discos), mas é o que Robin Storey conseguiu fazer com o seu projecto Rapoon. "To West And Blue", que representa então essa marca, é simultaneamente o 5º disco que edita pela Zoharum.

Este é um disco também especial para o seu criador, uma vez que foi inspirado pela área onde Storey cresceu na sua infância. Uma península de terra no Reino Unido em que a água estava omnipresente. Talvez por isso estas sete músicas sejam longas, espraiam-se ao longo do disco tomando o seu tempo para crescer e se afirmarem como belas composições que são.

É também um disco em crescendo, que melhora com cada audição, enquanto nos vamos familiarizando com o seu ambiente. Um contraste entre o passado e a realidade actual, em que as camadas sonoras são muitas e nos dão sempre algo novo a descobrir cada vez que roda. E pelo menos deste lado vai rodar muitas vezes.

A edição é limitada a 500 exemplares e apresenta o seguinte alinhamento:
  1. East Window Lights
  2. Solace
  3. The Gold Of Salvation
  4. A Heavy Door Locked
  5. Broken Eagle, Broken Sunset
  6. An Angels Breath
  7. To West And Blue

domingo, 12 de janeiro de 2014

[EVENTO] Uma oportunidade especial de ver C93

Não são muitas as oportunidades de ver Current 93 ao vivo. Com poucas actuações agendadas em cada ano, cada uma delas é um evento especial. Mas se lhe juntarmos um local diferente e uma envolvente diferente, então tudo fica realmente extraordinário. Como é o caso da data que vos trazemos hoje.

Trata-se da oportunidade de ver o colectivo liderado por David Tibet em Londres, mais especificamente na Union Chapel, que proporciona um dos locais mais envolventes para um concerto já com uma grande dose de intensidade.

A celebração terá lugar no dia 8 de Fevereiro, sendo que como convidada especial teremos MacGillivray, poeta, artista e performer com uma dose de psicadelismo alucinogénico que se enquadra perfeitamente no mundo particular de Current 93.

Sendo este o primeiro concerto de C93 no Reino Unido desde 2011, é também o evento que marca o lançamento do novo disco "I Am The Last Of All The Field That Fell". Como não poderia deixar de ser, uma boa parte do alinhamento do concerto virá desse disco, que estará também disponível pela primeira vez para compra no dia do concerto.

Como podem ver, tudo se junta para tornar 8 de Fevereiro uma data realmente especial. Marquem no calendário, reservem a logística necessária e preparem o corpo e a alma para uma noite intensa. Será realmente necessário.

sábado, 11 de janeiro de 2014

[NOTICIA] O caminho para a luz

Aqui deste lado achamos sempre positivo que edições anteriormente indisponíveis sejam novamente tornadas acessíveis por reedições, compilações ou edições especiais. Principalmente quando estamos a falar de projectos de qualidade ímpar, como no caso dos Wappenbund que vos trazemos hoje.

Falamos de "A Way To The Empire Of Life", recentemente editado pela Old Europa Cafe, e que reúne em CD duas edições anteriormente apenas disponíveis em CDr e há muito tempo esgotadas. Tratam-se de "Heimatflamme" e de "Schlacht / Blood & Fire", dois discos que podemos agora apreciar novamente (isto se ainda não fizerem parte da nossa discografia).

Wappenbund é sinónimo do melhor Marcial Industrial de cunho Germânico que podemos encontrar por aí. Por isso não é de estranhar a positiva receptividade que este lançamento tem tido. Também pela qualidade da edição, lançada numa embalagem especial e com um selo em lacre que lhe dá um carácter particularmente nobre. É limitada a 300 exemplares, que ficarão em breve também indisponíveis, por isso se a quiserem não deixem ficar para muito tarde.

O alinhamento completo é o seguinte:
    "Schlacht"
  1. Wappenmarsch
  2. Siege
  3. Schlachtgesangänge
  4. Andacht 2
  5. Kraft Durch Willen
  6. Wir Ziehen In Die Schlacht
  7. "Heimatflamme"
  8. Messe Solenelle
  9. Mahnmal
  10. Die Wappen Von Siege
  11. Heimat
  12. Germanium
  13. Imperium
  14. Fremde Fahnen Part I
  15. Heimatflamme
  16. Empire Of Light

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

[NOTICIA] Uma reedição de um mestre

Parece que foi há pouco tempo, mas este ano celebraremos o 15º aniversário do lançamento de "Stirb Und Werde" dos Allerseelen. Marco mais do que justificativo da reedição que hoje vos trazemos, lançada pela Ahnstern.

Esta edição é apresentada em vinil duplo de alta qualidade, sendo que três dos lados dos LP contêm o lançamento original, totalmente remasterizado para nosso deleite auditivo. Quanto ao restante lado (por sinal o primeiro), contém colaborações inéditas de Allerseelen com Aima, Fräulein König e Ianva, gravadas no período entre 2012 e 2013.

A edição é limitada a 500 exemplares, e recupera um dos emblemáticos lançamentos do projecto liderado por Gerhard Hallstatt. Funciona também como aperitivo ao aguardado regresso dos Allerseelen ao nosso país, marcado para o Verão. Mas mais sobre isso em breve.

O alinhamento completo é o seguinte:
  • A1 - Flamme (2013)
  • A2 - Gläserne Kugel (Aima)
  • A3 - Wir Tragen Ein Licht (Fräulein König)
  • A4 - Edelweiss (Estèl Des Alp Remix)
  • B1 - Licht
  • B2 - Gletscherlicht
  • B3 - Winterschlaf
  • B4 - Feuervogel
  • C1 - Alle Lust Will Ewigkeit
  • C2 - Feuertaufe
  • C3 - Käferlied
  • C4 - Heimkehr
  • C5 - Sibirische Symphonie
  • D1 - Totenlohe
  • D2 - Flamme
  • D3 - Stirb Und Werde
  • D4 - Leichenfarbene Dämmerung
  • D5 - Licht

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

[EVENTO] Primeira viagem do ano a Barcelona

Normalmente os anos são mais fortes no que diz respeito a concertos na sua segunda metade. Não quer isso dizer que não hajam boas propostas logo no seu início, como é o caso da que vos trazemos hoje. Preparem a primeira viagem do ano para perto, vamos dar um saltinho a Espanha.

E a premissa é muito simples: uma luta contra o mundo moderno na forma da Tormenta Ibérica, o apropriado nome para esta noite de transformação. Terá lugar no próximo dia 18 de Janeiro na Sala Demonix, em Barcelona.

Em palco para esta batalha teremos três magníficas propostas: os Àrnica, talvez nesta altura o expoente máximo do Folk no país vizinho, os Cuélebre e os Keltika Hispanna. Tradição ancestral muito bem representada, num combate à ausência de valores do mundo em que vivemos e um relembrar que as nossas raízes não são essas.

Se estiverem por lá não deixem de marcar presença, e lembrem-se que há boas (e muitas) propostas low cost para Barcelona. Aproveitem e comecem o ano com um excelente concerto!

[EVENTO] Agenda de Eventos - 2014

Uma lista de alguns eventos seleccionados para 2014:

JANEIRO
FEVEREIRO
MARÇO
ABRIL
MAIO
JUNHO
JULHO
AGOSTO
    SETEMBRO
    OUTUBRO
    NOVEMBRO
    DEZEMBRO